Como escolher um “college” ou universidade

Os Estados Unidos atraem milhões de estudantes internacionais à suas instituições de ensino superior porque o país oferece uma grande variedade de escolhas e algumas das melhores escolas do mundo. Mas, pelo fato das escolhas serem tão variadas, escolher um curso acaba sendo difícil. Este artigo vai ajudar você a escolher o tipo de universidade mais adequado ao seu caso.

Com mais de 3.000 faculdades e universidades nos Estados Unidos, as opções são quase ilimitadas e é preciso que, antes de mais nada, você determine as suas prioridades. Uma das melhores características do sistema de educação superior americano é o fato de haver boas escolhas para todos os tipos de pessoas — de “community colleges” a escolas profissionalizantes, de faculdades particulares de artes liberais a grandes universidades públicas. Também é preciso levar em consideração fatores como a localização geográfica da escola, seu tamanho e que tipo de curso superior oferece.

Como candidato estrangeiro, a sua situação é ainda mais especial. Talvez nunca tenha visitado os EUA, ou talvez nunca tenha visto as universidades que o interessam. É importante informar-se sobre a localização de cada escola e sobre o tipo de pessoas que estudam e ensinam lá. Estas considerações são tão importantes quanto a qualidade dos cursos oferecidos pela instituição.

Comece a pesquisar com antecedência e tenha em mente suas metas de longo prazo

Meu primeiro conselho é estudar todas as possibilidades com bastante calma. Descobrir quais instituições de ensino superior são adequadas ao seu caso leva tempo, de modo que é importante começar este processo um ano a um ano e meio antes do início planejado do curso (lembre-se que o ano escolar tem início em agosto ou setembro nos Estados Unidos). Muitos candidatos deverão levar em conta que precisarão de três a nove meses em um curso de inglês como segunda língua (ESL - English as a Second Language)para se prepararem para trabalho acadêmico de alto nível. Veja a lista de perguntas no quadro à direita.

Orientadores educacionais

Como as escolhas são tantas, é bom saber onde se pode obter informações úteis para a sua decisão. Muitos estudantes procuram o auxílio de orientadores educacionais para ajudá-los em sua pesquisa. O termo “orientador educacional” é bem amplo e muitas pessoas e organizações podem desempenhar este papel para você.

O governo dos Estados Unidos dispõe de centros de orientação patrocinados pela Seção de Assuntos Públicos de um consulado ou embaixada, além dos escritórios do EducationUSA e da Comissão Fulbright, espalhados pelo mundo todo. Outro recurso excelente são os centros binacionais, patrocinados pelo seu país em parceria com os Estados Unidos.

Muitas dessas organizações não cobram nenhuma taxa pelos serviços de orientação, mas podem cobrar por fotocópias e despesas de correio. A maioria oferece catálogos e folhetos e acesso à Internet para que você possa pesquisar sobre as universidades. Elas oferecem também informações sobre exames importantes como o TOEFL, Pearson, IELTS, SAT, ACT, SAT, GRE e GMAT. Também costumam realizar sessões de orientação para grupos de estudantes, e exibem vídeos sobre as universidades e a vida nas instituições de ensino superior americanas. Após a apresentação do vídeo, um orientador responderá às dúvidas e perguntas.

Alguns estudantes preferem consultar parentes ou amigos que já estudaram nos Estados Unidos. Por serem pessoas conhecidas e de confiança, é uma boa ideia discutir com elas sobre as instituições de ensino que frequentaram. Lembre-se, entretanto, que esses “orientadores educacionais informais” poderão ter informação sobre apenas uma ou duas instituições — portanto é melhor não depender exclusivamente deles.

Muitos países também possuem agências particulares de orientação educacional. Elas geralmente contam com mais recursos do que os centros de orientação sem fins lucrativos, e também mantêm contato direto com muitas escolas de inglês intensivo e universidades. Mediante o pagamento de uma taxa, esses locais podem ajudar o estudante a escolher as escolas que os interessam e também podem ajudar no processo de inscrição e solicitaçnao do visto.

Internet

Graças à internet, os estudantes hoje têm acesso a muito mais informações do que gerações anteriores. O problema é que pode haver um EXCESSO de informações, de modo que geralmente é melhor usar a internet como um recurso quando se quer obter informações sobre instituições e cursos específicos.

Websites como o StudyUSA.com e ESL.com foram criados especialmente para estudantes internacionais para oferecer informações abrangentes sobre estudos nos EUA. Esses sites podem ajudá-lo a pesquisar com mais objetividade e fornecer informações relevantes sobre a escolha do curso, obtenção do visto e estimativa de custos. A pesquisa pode ser feita no seu próprio idioma, e você poderá contatar os programas diretamente para obter mais informações, além de poder se inscrever on-line. O StudyUSA.com tem um mecanismo de pesquisa que você poderá personalizar para ajudá-lo na escolha das escolas e cursos que melhor atendam suas necessidades

A revista Study in the USA®

Muitos escolas excelentes que recebem estudantes internacionais estão presentes nesta publicação.

Fatores a considerar

Em virtude da grande quantidade de opções de instituições de ensino superior nos Estados Unidos, selecionamos alguns critérios para ajudá-lo a começar a sua busca. Todos eles podem ser importantes, mas dependendo de suas preferências, alguns podem ser mais significativos do que outros. Considere estes critérios ao definir suas prioridades:

Escolha Do Curso

Ao contrário do que ocorre na maioria dos países, nos EUA o estudante não precisa decidir o curso principal quando se candidata à uma vaga na universidade. Entretanto, se você já souber o que quer estudar, verifique se as universidades de sua preferência possuem credenciamento nos cursos de seu interesse. Quase todos as faculdades e universidades oferecem cursos como Administração e Tecnologia da Informação. No entanto, se você tiver interesse em uma área mais especializada, tal como Biologia Marítima ou Arqueologia, é importante começar sua procura com bastante antecipação.

Com exceção de alguns institutos especializados de educação superior, a maioria das faculdades e universidades nos EUA oferecem uma grande variedade de opções. Quase sempre é possível especializar-se numa área principal enquanto faz outros cursos ao mesmo tempo. As faculdades de artes liberais tradicionais conferem grau de bacharelado em ciências humanas, exatas e biológicas, e contam ainda com a vantagem de proporcionar um relacionamento próximo com os professores e suas atividades de pesquisa.

Pode ser que você prefira frequentar uma instituição que ofereça principalmente cursos na área em que você está interessado. Existem faculdades nos EUA que se especializam, por exemplo, em administração ou engenharia. Por outro lado, você talvez prefira estudar num local que ofereça uma maior variedade de matéria. Neste caso, você poderia se especializar na área do seu interesse e, ao mesmo tempo, cursar outras matérias.

Graduação E Pós-Graduação

Durante a sua pesquisa e no processo de inscrição, tenha certeza de estar pesquisando e se inscrevendo para o nível correto, ou seja, graduação ou pós-graduação. Se já terminou o ensino médio (secundário ou colegial) ou se já cursou universidade sem se formar, você está se inscrevendo para um curso de graduação de dois anos (“Associate’s Degree”) ou quatro anos (“Bachelor’s Degree”).

O mestrado (“Master’s Degree”) e doutorado (“Doctoral Degree”) são considerados programas de pós-graduação. É muito importante ter certeza que a instituição de seu interesse tenha o curso de pós-graduação certo para você, e que não seja apenas um curso noturno ou de fim de semana que não provenha o número de horas suficientes para que você mantenha sua condição de estudante de tempo integral. Vários cursos de MBA são feitos à noite ou nos fins de semana. A inscrição para pós-graduação é feita diretamente no departamento em que você estiver se inscrevendo, ao contrário do que ocorre com a admissão em cursos de graduação.

Na maioria das pós-graduações, é preciso apresentar os resultados de testes padronizados como o GMAT (para pós-graduação em administração) ou como o GRE. Para poder se qualificar para cursos de pós-graduação, é preciso ter o equivalente à graduação de um curso universitário de quatro anos de duração.

Prestígio E Padrões Acadêmicos (Rankings)

A admissão a algumas faculdades e universidades americanas — particularmente nas mais famosas e bem-conceituadas — é extremamente concorrida, especialmente para estudantes internacionais. Nestes casos, um orientador educacional é útil para determinar se o candidato tem chances realistas de ser admitido. Para a maioria dos estudantes, é mais prático encontrar uma instituição de qualidade, onde possam enfrentar desafios acadêmicos, do que insistir em entrar em uma das 50 melhores universidades dos Estados Unidos.

Informe-se sobre os padrões de admissão de cada instituição e se o seu histórico escolar atende a estes padrões. Pergunte ao seu orientador e professores sobre a possibilidade de você ser admitido nas instituições que escolher. Lembre-se que a maioria das faculdades e universidades tomam decisões sobre admissão com base no desempenho acadêmico e nas atividades extracurriculares do candidato. Os resultados obtidos nos testes padronizados de admissão são importantes, mas as notas obtidas na escola são mais importantes.

Localização E Região

Devido ao número enorme de escolhas oferecidas aos estudantes internacionais, uma maneira de facilitar sua escolha seria considerar a região geográfica de sua preferência ou aquelas que considera mais atraentes. Em termos numéricos, a maioria dos estudantes internacionais nos Estados Unidos escolhe a costa leste, a costa oeste ou as imediações de ambas. Você vem de um clima tropical? Se sua resposta for sim, pense duas vezes se realmente deseja ir à Nova Inglaterra, dotada de universidades de classe internacional, mas com um clima muito frio.

Outro fator a considerar é o seu interesse em algum tipo específico de atividade cultural, esportiva ou recreativa a que queira se dedicar fora do horário letivo. Algumas pessoas preferem regiões montanhosas como o Colorado ou Vermont, que oferecem esqui e snowboard, ao passo que outras preferem a costa atlântica da Flórida ou o sul da Califórnia para surfar. Os fãs de teatro são atraídos para áreas como São Francisco ou Nova York.

Alguns estudantes preferem ficar próximos às suas comunidades étnicas, o que faz com que Nova York e Los Angeles sejam escolhidas por muitos. Outros estudantes optam por locais no meio do país, onde possam ter uma imersão cultural quase total. Lembre-se também que muitas das grandes universidades dedicadas a pesquisa nos Estados Unidos estão situadas em cidades pequenas. Embora estas cidades não sejam famosas em outros países, são cidades universitárias bem conhecidas no país, dotadas de um custo de vida baixo e uma qualidade de vida alta.

Cidade Grande Ou Pequena?

A área pode ser tão importante quanto a região. É preciso lembrar-se que a maioria das universidades não estão localizadas em cidades grandes como Nova York, São Francisco ou Chicago. Como foi dito acima, muitas das grandes universidades que atraem milhares de estudantes internacionais a cada ano estão situadas em cidades menores. Isto pode ser muito diferente das cidades enormes de onde provêm muitos dos estudantes, de modo que é bom refletir antes de decidir se estes locais são uma boa opção para você. Dezenas de milhares de estudantes dirigem-se anualmente a cidades pequenas para estudar, de modo que a maioria das pessoas consegue se adaptar a uma nova realidade.

Um meio termo seria a localização nos arredores de uma cidade grande, nos bairros residenciais, onde existem muitas faculdades interessantes. Neste tipo de ambiente, pode-se ter a tranquilidade e o espaço necessários para uma instituição de ensino de classe internacional, a uma distância relativamente curta da agitação das grandes cidades. Naturalmente, há também centenas de alternativas no centro das maiores cidades americanas, se você preferir.

Custo Total Dos Estudos

Procure calcular o custo TOTAL dos estudos, incluindo as despesas de moradia, alimentação, etc. Este tipo de informação pode ser obtida nos websites das universidades e faculdades. As instituições de ensino particulares de elite costumam ter custos de instrução mais altos do que as universidades públicas. Entretanto, existem instituições particulares com custos muito semelhantes aos de universidades públicas.

Em termos gerais, as áreas mais afastadas da costa leste e da costa oeste costumam ter um custo de vida mais baixo e, em alguns casos, muito mais baixo. Lembre-se que os custos aumentam a cada ano.

Universidade Grande Ou Faculdade Pequena?

A maioria dos estudantes internacionais se matricula em grandes universidades de pesquisa. Estas universidades costumam ser públicas, subvencionadas pelo governo do estado onde estão localizadas. Mas, antes de optar pelas grandes escolas, lembre-se que também existem centenas de faculdades e universidades menores que podem ser boas alternativas.

As faculdades menores geralmente oferecem um ambiente mais seguro e turmas menores. Elas costumam ter uma melhor proporção aluno-professor, e um estudante internacional pode receber uma atenção mais pessoal, o que é vantajoso em termos de educação e de cultura. A integração na vida estudantil pode ser mais fácil num “college” menor.

As grandes universidades especializadas em pesquisas oferecem cursos mais técnicos como arquitetura e engenharia e, se forem públicas, geralmente são mais baratas. Elas também têm mais estudantes internacionais e é provável que você vai encontrar lá estudantes do seu país.

Exigências Do Toefl (Ou Isenção Do Toefl)

A maioria dos estudantes internacionais fica ansiosa em relação ao exame TOEFL; porém, a menos que tenha recebido sua educação em inglês, isso é praticamente inevitável. Todo programa determina suas próprias exigências e, quanto mais prestígio tiver a universidade, maior a pontuação necessária do TOEFL. Lembre-se de obter informações sobre o que é exigido pela instituição ou instituições de ensino superior em que for se inscrever.

Algumas universidades dispõem do que é chamado de isenção do TOEFL e isto costuma interessar a muitos estudantes internacionais. A isenção costuma estar relacionada a se fazer um curso de inglês intensivo da universidade (ou em outro programa de inglês afiliado) até o último nível. Algumas escolas particulares, como o ELS Language Centers, possuem acordos com muitas universidades que permitem a admissão sem o TOEFL.

Credenciamento

O credenciamento é o certificado que atesta que uma escola ou curso cumpre um determinado padrão acadêmico. É muito importante saber se a faculdade ou universidade é credenciada. Se for cursar uma faculdade ou universidade que não tenha credenciamento, não conseguirá transferir os créditos para uma instituição credenciada. O seu país poderá não reconhecer o seu diploma e você talvez não consiga obter o emprego que deseja.

Não existe nos EUA um órgão público nacional nem ministério da educação responsável pela definição de padrões de educação superior. Alguns estados autorizam ou aprovam escolas, mas isso se refere aos requisitos financeiros e de licenciamento, e não à qualidade do ensino.

Ao invés disso, as faculdades e universidades formam associações que definem seus próprios critérios. Estas associações são chamadas “órgãos de credenciamento” e avaliam todos as faculdades e universidades americanas. Se a instituição atender os padrões mínimos da associação de credenciamento, ela recebe uma classificação aceitável e, por conseguinte, passa a ser “credenciada”. Isto significa que passa a ter o direito de fazer parte da lista de instituições de ensino superior daquele órgão de credenciamento. A instituição deve manter estes padrões altos para continuar a ser credenciada.

Tipos De Credenciamento

Existem dois tipos de órgãos de credenciamento: institucional e profissional.

O governo do seu país também pode exigir que o diploma, para ser reconhecido, seja de uma instituição com os dois tipos de credenciamento. O credenciamento institucional baseia-se na instituição como um todo. O credenciamento profissional baseia-se nos padrões de uma faculdade específica — por exemplo, direito, medicina, engenharia ou administração — e é determinado por juízes pertencentes àquelas profissões.

Você pode descobrir se uma faculdade ou universidade tem credenciamento consultando a última edição de um livro publicado pelo “American Council on Education”. Este livro, intitulado “Accredited Institutions of Post-Secondary Education” (Instituições Credenciadas de Educação Pós-Secundária), pode ser encontrado na biblioteca da sua escola ou do centro de orientação pedagógica.

Outros endereços úteis são o do Council on Higher Education Accreditation (Conselho de Credenciamento de Educação Superior) em chea.org, e o da U.S. Network for Education Information em www.ed.gov/NLE/USNEI.

Todos as faculdades e universidades que são mencionados nesta edição de Study in the USA® possuem credenciamento completo. O credenciamento de escolas ou programas que não emitem diplomas universitários, tais como escolas de inglês, varia de acordo com sua afiliação profissional.

Como entrar em contato com as escolas

Ao terminar sua lista de faculdades e universidades que te interessam, analise suas escolhas e reduza a lista para seis a oito escolas. Você poderá encontrar as informações de contato das escolas nesta revista e em StudyUSA.com.

Lembre-se da diferença que existe entre cursos de inglês, graduação (undergraduate) e pós-graduação (graduate). Se estiver interessado em cursos de graduação, escreva apenas para o “Undergraduate Admissions Office” (escritório de admissão para cursos de graduação). Se estiver interessado em cursos de pós-graduação, escreva apenas para universidades cujas faculdades ofereçam cursos de pós-graduação. Neste caso, você deve escrever para o presidente do departamento ou para o escritório de admissões de pós-graduação da faculdade em que gostaria de estudar. Por exemplo, se estiver interessado em fazer pós-graduação em engenharia, entre em contato diretamente com o escritório de admissões da escola de engenharia.

Você poderá solicitar informações online das faculdades e universidades através do StudyUSA.com. Visite StudyUSA.com para obter mais informações sobre as escolas da sua lista e como entrar em contato com as mesmas.

Se entrar em contato com as escolas por e-mail, lembre-se de que é importante para as instituições saber como você veio a conhecer a escola, portanto mencione a Study in the USA®. As escolas enviarão a você informações por e-mail ou folhetos com descrições dos programas e atividades acadêmicas que oferecem.

SUSA_img_200x55.jpg
Baixe nossas revistas Study in the USA®

Que tipo de formação você deseja?

  • Quais são as suas metas profissionais?
  • Está disposto a deixar o seu país e ir viver em um outro, durante quatro anos ou mais?
  • Tem noção do custo total incorrido por este tipo de estudo (incluindo despesas de moradia, alimentação, etc.)?
  • Está ciente do tipo de credenciais exigidas pela carreira que escolheu?
  • O seu país possui normas instituídas sobre estudos feitos nos EUA?
  • Que tipo de organizações estudantis o interessam?
  • Você tem alguma afiliação religiosa que precisa ser levada em conta?
  • Os cursos feitos em universidades ou escolas profissionalizantes americanas são reconhecidos pelo governo do seu país?
  • Onde se pode obter informações sobre universidades americanas?
Por David P. Anderson Vice Presidente - Recrutamento e Apoio aos Parceiros; ELS Language Centers, o maior provedor mundial de cursos intensivos de inglês em campus universitários, oferecendo também preparação para mais de 650 universidades no mundo todo. www.ELS.edu or www.UniversityGuideOnline.org